Programa de Saneamento da Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Jacarepaguá – PSBJ


O Governo do Estado do Rio de Janeiro, com recursos orçamentários do FECAM – Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano, e tendo como executora a CEDAE, está implantando o Programa de Saneamento da Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Jacarepaguá (PSBJ). O Programa visa implantar sistemas completos de esgotamento sanitário na Barra da Tijuca, em Jacarepaguá e no Recreio dos Bandeirantes.
O PSBJ está projetado para o horizonte de 30 anos no que tange a macro situação de coleta, tratamento e destinação final de 5,3 mil litros por segundo de esgoto, o que representa uma capacidade instalada para atender o desenvolvimento urbano da região pelos próx imos decênios.
As obras tiveram início em 10 de abril de 2001.

    




MAPA DO PROGRAMA – imagem esquemático


mapa_esquema

 



ESGOTAMENTO SANITÁRIO DA BARRA DA TIJUCA

 

Descrição:
O Programa do PSBJ tem dois marcos fundamentais: a Estação de Tratamento de Esgoto da Barra da Tijuca que atualmente trata o volume de 1.600 litros por segundo de esgoto que era disposto no Sistema Lagunar e o Emissário Submarino que transporta todo o esgoto tratado para alto mar, a 5.000 m da costa e a 45 metros de profundidade. Atualmente, grande parte das áreas dos três bairros, Barra da Tijuca, Jacarepaguá e Recreio dos Bandeirantes já estão esgotadas.
 
Até o final de 2015 deverão ser coletados até 2.900 litros de esgoto por segundo, quando as principais áreas da chamada Bacia de Jacarepaguá, que incluem os três bairros já mencionados, estarão atendidas.

 

Estágio atual das obras:


- Estação de Tratamento da Barra da Tijuca – ETE


Construída para tratar 2,3 mil litros de esgoto por segundo, tratamento preliminar e tratamento primário do esgoto recebido, com capacidade de ampliação para tratamento de até 5,3 mil litros de esgoto por segundo.

 

Estação de Tratamento da Barra da Tijuca

 

Unidades da ETE Barra da Tijuca:


Unidade de Decantação, Unidade de Desarenação, Prédio de Apoio, Elevatória Final, Subestação Principal, Elevatória de Escuma, Sala de Comando da Elevatória Final, Cabine de Medição, Desidratação e Secagem Térmica de Lodo, Tratamento de Odor, Administração e Laboratório, Reservatório de água potável e Chaminé de Equilíbrio.

 

- Emissário Submarino da Barra da Tijuca

 

O Emissário Submarino da Barra da Tijuca, parte integrante do sistema de esgotamento sanitário da região, foi projetado para viabilizar a retirada dos esgotos inicialmente lançados no sistema lagunar de Jacarepaguá. O projeto foi embasado nos resultados de diversas campanhas de medição de correntes, em alto mar, realizadas pela NOVA CEDAE que demonstram padrão paralelo à linha de costa, seja na direção oeste ou leste, favorecendo o descarte do Emissário, sem causar risco à zona de praia. O Emissário Submarino é composto por duas tubulações, chamadas de primeira linha e segunda linha, paralelas, em PEAD – polietileno de alta densidade e 1.400 mm de diâmetro interno, cada. A primeira linha, já operando, com 5 km de comprimento, chamada de Emissário Principal, e a segunda com 514 metros, de Emissário Reserva, a ser complementado quando o sistema estiver esgotando mais de três mil litros por segundo. Nos primeiros 500 metros do Emissário, a 300 metros da costa, correspondem à Zona da Arrebentação e estão enterrados na areia e 200 m começam a aflorar sobre a areia, acompanhando a morfologia local. A partir deste ponto a tubulação é assentada no fundo do mar, em três tramos de aproximadamente 1.500 m de comprimento, interligados por 03 carretéis de ajustes de 7 m de extensão, com auxílio de blocos de concreto armado, pré-moldados, fixos na tubulação por tirantes de aço. São 5 km de extensão mar adentro.


No trecho final de 500 m, assentado à profundidade de 40 m, encontram-se os difusores que lançam os esgotos possibilitando grande mistura com a água do mar, reduzindo em 100 vezes sua concentração inicial.  A seguir, ao mesmo tempo em que essa mistura sofre os efeitos das correntes e da turbulência do mar, ocorre o processo biológico de redução dos organismos vivos, acelerado pela salinidade e insolação. A NOVA CEDAE iniciou o monitoramento da qualidade das águas da região cinco horas após o início da operação do Emissário e continuará coletando amostras uma vez por semana para informação à população. Este monitoramento segue os critérios do CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente) e vem sendo orientado pelo INEA (Instituto Estadual do Ambiente). Acompanhe no mapa abaixo os resultados do monitoramento da qualidade das águas da praia da Barra da Tijuca.

 

 

Mapa com pontos de coleta na praia da Barra da Tijuca

 

Clique  nas datas para ver o resultado do monitoramento:

2014 2013 2012

29 de Setembro de 2014

25 de Setembro de 2014

14 de Setembro de 2014

01 de Setembro de 2014

25 de Agosto de 2014

18 de Agosto de 2014

15 de Agosto de 2014

04 de Agosto de 2014

28 de Julho de 2014

07 de Julho de 2014

26 de Junho de 2014

09 de Junho de 2014

26 de Maio de 2014

19 de Maio de 2014

12 de Maio de 2014

05 de Maio de 2014

22 de Abril de 2014

17 de Abril de 2014

07 de Abril de 2014

31 de Março de 2014

24 de Março de 2014

17 de Março de 2014

10 de Março de 2014

06 de Março de 2014

27 de Fevereiro de 2014

24 de Fevereiro de 2014

17 de Fevereiro de 2014

10 de Fevereiro de 2014

06 de Fevereiro de 2014

23 de Janeiro de 2014

13 de Janeiro de 2014

06 de Janeiro de 2014

02 de Janeiro de 2014

 

26 de Dezembro de 2013

12 de Dezembro de 2013

05 de Dezembro de 2013

25 de Novembro de 2013

18 de Novembro de 2013

11 de Novembro de 2013

04 de Novembro de 2013

24 de Outubro de 2013

18 de Outubro de 2013

07 de Outubro de 2013

30 de Setembro de 2013

26 de Setembro de 2013

19 de Setembro de 2013

09 de Setembro de 2013

02 de Setembro de 2013

26 de Agosto de 2013

19 de Agosto de 2013

12 de Agosto de 2013

05 de Agosto de 2013

22 de Julho de 2013

15 de Julho de 2013

11 de Julho de 2013

01 de Julho de 2013

24 de Junho de 2013

17 de Junho de 2013

10 de Junho de 2013

03 de Junho de 2013

27 de Maio de 2013

23 de Maio de 2013

16 de Maio de 2013

19 de Abril de 2013

08 de Abril de 2013

01 de Abril de 2013

25 de Março de 2013

21 de Março de 2013

07 de Março de 2013

25 de Fevereiro de 2013

22 de Fevereiro de 2013

14 de Fevereiro de 2013

07 de Fevereiro de 2013

28 de Janeiro de 2013

21 de Janeiro de 2013

14 de Janeiro de 2013

07 de Janeiro de 2013

03 de Janeiro de 2013

20 de Dezembro de 2012

17 de Dezembro de 2012

10 de Dezembro de 2012

06 de Dezembro de 2012

26 de Novembro de 2012

22 de Novembro de 2012

05 de Novembro de 2012

29 de Outubro de 2012

22 de Outubro de 2012

15 de Outubro de 2012

08 de Outubro de 2012

01 de Outubro de 2012

17 de Setembro de 2012

10 de Setembro de 2012

03 de Setembro de 2012

27 de Agosto de 2012

20 de Agosto de 2012

13 de Agosto de 2012

06 de Agosto de 2012

30 de Julho de 2012

23 de Julho de 2012

16 de Julho de 2012

02 de Julho de 2012

25 de Junho de 2012

18 de Junho de 2012

11 de Junho de 2012

04 de Junho de 2012

28 de Maio de 2012

22 de Maio de 2012

14 de Maio de 2012

07 de Maio de 2012

03 de Maio de 2012

25 de Abril de 2012

16 de Abril de 2012

09 de Abril de 2012

02 de Abril de 2012
26 de Março de 2012
19 de Março de 2012
12 de Março de 2012
05 de Março de 2012
27 de Fevereiro de 2012
20 de Fevereiro de 2012
15 de Fevereiro de 2012
30 de Janeiro de 2012
23 de Janeiro de 2012
16 de Janeiro de 2012
02 de Janeiro de 2012

 

- Obras Terrestres:


Compreende todo o sistema de coleta domiciliar do esgoto produzido, passando pelas estações elevatórias, estação de tratamento e o encaminhamento final ao Emissário Submarino da Barra da Tijuca.


A implantação das principais linhas de recalque, coletores troncos e emissários terrestres são executadas utilizando tecnologia não destrutiva (túneis subterrâneos – SHIELD, NATM), não afetando as principais vias de tráfego.


- Rede de Coletora - assentados 14.433 m em tubulação de PVC;

- Coletor tronco – assentados 9.443 m em tubulação de CA;

- Linha de Recalque – assentados 7.351m em tubulação de PEAD;

- Ligações Domiciliares - executadas 20.650 unidades;

- Emissário Terrestre – assentados 1.052,14m em tubulação de Aço Carbono e 2 x 1021,30m   (2 linhas cada uma com 1.021,30) em tubulação de PEAD – concluído;

- Travessias especiais – 09 unidades executadas.

- Estações Elevatórias – 09 Estações Elevatórias concluídas (EEE ETE Barra, EEE Jardim   Oceânico, EEE Marapendi, EEE  Eugênio Macedo, EEE Santa Mônica e EEE Lagoa da Tijuca, EEE Rock in Rio, EEE Península e EEE Centro Adm Barra) e   01 Estação Elevatória Olimpíada em Execução;

- Caixa de transição emissário terrestre/submarino – concluída;

- Emissário Submarino 5.000m – concluído;

- Estação de Tratamento de Esgotos – concluída

 

emissario submarino

Vista aérea 1° Tramo Emissário Submarino

 


OBRAS EXECUTADAS


1. Conclusão do Tratamento Primário da ETE Barra da Tijuca:
Término: Junho/2009. (Concluído)

 

Estação de Tratamento da Barra da Tijuca - foto aérea


2. Esgotamento da Sub-bacia Jardim Oceânico:

Término: Agosto/2008 (Concluído)

 

Sub bacia jardim oceânico


3. Esgotamento das Sub-bacias Marapendi Norte e Sul:

Início: Outubro/2007
Término: Dezembro/2009 (Concluído)



Estação Marapendi

 


4. Construção da Elevatória Lagoa da Tijuca:
Término: Março/2010 (Concluído)


 

Estação Lagoa da Tijuca

 

 

5. Construção da Estação Elevatória Eugênio Macedo:
Término: Novembro/2008 (Concluído)


Elevatoria Eugenio Macedo


6. Construção da Estação Elevatória Santa Mônica:
Término: outubro/2008 (Concluído)


Elevatória Santa Mônica

 

7. Construção da Estação Elevatória Olimpíada – 1ª Fase (concluída):
Término: outubro/2011

 

2ª Fase em Execução


Estação Elevatória Olimpíada

 

8. Centro de Visitação Parque Natural Municipal Bosque da Barra
Término: dezembro 2010

 

Parque Nacional Municipal Bosque da Barra

 

 

 

OBRAS EM EXECUÇÃO

 

1. Esgotamento Sanitário do Eixo Olímpico:

Prazo de Execução: 24 meses


Esgotamento sanitário do Eixo Olímpico

 

Objetivo:
Dotar de esgotamento sanitário o Eixo Viário formado pelas Avenidas Abelardo Bueno e Salvador Allende,  onde estarão concentradas as principais atividades Olímpicas, nessa região.


Objeto:
Construir o tronco coletor, as Estações Elevatórias OlimpÍada - 2ª fase com capacidade de 1.100 litros por segundo e a Ollof Palme com capacidade de 450 litros por segundo e respectivas Linhas de Recalque.


Valor Previsto - Jan/14:
R$ 91.538.112,29

Situação atual:
Em execução.

 

Início Previsto:

Março/2013

 

Término Previsto:

Março/2015

 

2. Esgotamento Sanitário do Eixo Barra Recreio:

Prazo de Execução: 24 meses

 

Esgotamento Sanitário do Eixo Barra Recreio

 

Objetivo:
Promover o esgotamento sanitário da área entre a Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes, conhecida como Restinga de Itapeba.
 
Objeto:
Construir o tronco coletor, a Estação Elevatória com capacidade de 250 litros por segundo e respectiva linha de recalque.


Valor Previsto - Jan/14:
R$ 78.269.516,47


Situação atual:
Em execução.

 

Início Previsto:

Junho/2013

 

Término Previsto:

junho/2015


 

 

 

3. Complementação do Esgotamento Sanitário da Lagoa da Tijuca:

Prazo de Execução: 18 meses

 

Complementação do Esgotamento Sanitário da Lagoa da Tijuca

Objetivo:
Coletar os esgotos da sub-bacia Lagoa da Tijuca, e encaminhá-los a EEE Lagoa da Tijuca.


Objeto:
Construir o tronco coletor e encaminhar todo o esgoto produzido na Sub-bacia Lagoa da Tijuca para Estação Elevatória de Esgotos Lagoa da Tijuca.


Valor Previsto - Jan/14:
R$ 32.071.234,62


Situação atual:
Em execução.


Término Previsto:

Dezembro/2014

 

4.Ampliação do Abastecimento de água na Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Jacarepaguá, Vargem Grande e Vargem Pequena:

Prazo de Execução: 24 meses

 

Sistema Coletor de Esgotamento Sanitário da Lagoa da Tijuca

 

Objetivo:
Reforçar o abastecimento de água da Barra, Recreio, Jacarepaguá e Vargens.


Objeto:
Implantação de: 79 km de Troncos e Redes distribuidoras; 02 Reservatórios, do Outeiro e Jacarepaguá com 20.000 m³ cada e Ampliação do Reservatório Reunião com 10.000 m³.


Valor Previsto - Jan/14:
R$ 266.977.912,11


Situação atual:
Em execução.


Término Previsto:

Março/2015

 

 

ESCOPO DAS OBRAS DE COOPERAÇÃO TÉCNICA

 

PENÍNSULA

 

Localizada no Canteiro central da Av. Via Parque com Av. Luiz Carlos Prestes, a Estação Elevatória Península foi uma obra realizada através de uma parceria do poder público com a iniciativa privada, evitando a geração de futuros passivos ambientais e caracterizando os empreendimentos em um nível de sustentabilidade adequado, agregando valor ambiental as construções da Península, evitando assim, a construção de Estações de Tratamento de Esgotos nos condomínios.


As empresas CARVALHO HOSKEN e RJZ CYRELLA implantaram a Estação Elevatória Península, com capacidade de 450 litros de esgoto por segundo, 980 m de tubulação de 800 mm de diâmetro e a Linha de Recalque com extensão de 200 m e diâmetro de 630 mm, representando um investimento da ordem de 9 milhões de reais, para atender uma população futura de cerca de 100 mil pessoas. Em contrapartida, a NOVA CEDAE executou um túnel sob a Av. Ayrton Senna, por método não destrutivo, para a passagem das tubulações até a Estação de Tratamento de Esgotos da Barra da Tijuca.


O sistema coleta os efluentes sanitários dessa região, onde são tratados na Estação de Tratamento de Esgotos da Barra e com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca. Esse novo sistema irá incorporar, de imediato, diversos empreendimentos comerciais, tais como: Shopping Via Parque, Tok Stok, Casa Shopping, Leroy Merlin, Kartódromo, Hospital UNIMED, entre outros.

 

1. Estação Elevatória Península

Início: Fevereiro/2010
Término: Fevereiro/2011(Concluído)

 

ETE Penisula

 

HOSPITAL DAS AMÉRICAS - AMIL

 

O Grupo Amil juntamente com a NOVA CEDAE, marca mais uma parceria entre Governo e iniciativa privada. As obras de Ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário do Centro Administrativo da Barra da Tijuca, localizada junto a Subprefeitura da Barra da Tijuca, atenderá não só ao Futuro Hospital da Amil, mas também ao Corpo de Bombeiros, Rio Luz, Subprefeitura, Mercado do Peixe e demais unidades comerciais instaladas no entorno.


Esse novo sistema com a implantação de Troncos e Redes Coletoras de esgoto irá coletar os 350 mil litros de esgoto que poderiam ser lançados, por dia, no Sistema Lagunar da Barra. O sistema irá coletar os efluentes sanitários dessa região, onde serão tratados na Estação de Tratamento de Esgotos da Barra e com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.


Com a implantação desse novo Sistema, o Hospital Amil não precisará construir uma Estação de Tratamento para tratar o esgoto produzido pelo mesmo, evitando a construção e manutenção, e também, no ganho que trará ao meio ambiente e na qualidade de vida.

 

2. Sistema de Esgotamento Sanitário - Centro Administrativo da Barra


Construção da Estação Elevatória do Centro Administrativo da Barra
Início: Novembro/2010
Término Previsto: Setembro/2011 (Concluído)

 

SES Amil

 

EXPANSÃO DO HOSPITAL DA UNIMED

 

A NOVA CEDAE firmou mais uma parceria com a iniciativa privada, dessa vez com o Grupo UNIMED, localizado na Barra da Tijuca, na Av. Via Parque. As obras de Ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário da região conhecida como Via Parque e áreas periféricas da Barra da Tijuca, representam um avanço em direção a melhoria da qualidade do meio ambiente da região.


Com a implantação de Troncos e Redes Coletoras de Esgotos, os cerca de 350 mil litros de esgotos que poderiam ser lançados, por dia, no Sistema Lagunar da Barra da Tijuca terão tratamento ambiental adequado. O sistema irá coletar os efluentes sanitários dessa região que serão tratados na Estação de Tratamento de Esgotos da Barra e com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.


Com a implantação desse novo Sistema, o Hospital UNIMED não precisará manter uma Estação de Tratamento para tratar o esgoto produzido pelo mesmo, que na maioria das vezes não tem o tratamento adequado. O esgotamento sanitário ficará a cargo da NOVA CEDAE, que dará o tratamento adequado ao esgoto produzido no local.


3. Sistema de Esgotamento Sanitário - UNIMED


Início: Dezembro/2011
Término: Outubro/2012(concluído)

 

Sistema de Esgotamento Sanitário - UNIMED

 

4. Esgotamento do Parque Olímpico Cidade do Rock - Rock in Rio
Término Previsto: Setembro/2011 (Concluído)

 

ETE Jacarepagua

 

Objetivo:
Promover o esgotamento sanitário do Parque Olímpico Cidade do Rock, antes da conclusão do tronco coletor Eixo Olímpico que vai esgotar a área do Parque Olímpico.


Objeto:
Projetar e executar linha de recalque da Elevatória do Parque Olímpico até a EEE Bandeirantes.


Situação atual:
Concluído e em operação.


Recursos financeiros:
Riourbe e Rock in Rio


Capacidade de Transferência:
Atender 100.000 pessoas por evento, 42 litros por segundo.

 

5. Esgotamento da Sub Bacia dos Alfas

Término Previsto: Dezembro/2014

 

Esgotamento da Sub Bacia dos Alfas

 

Objetivo:
Coletar os esgotos produzidos pelo Hotel e Condomínio Hyatt e Condomínios Alfa Barra I, II e III, encaminhá-los à Estação de Tratamento de Esgotos da Barra da Tijuca, com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.
        
Detalhe do empreendimento:
Implantação de Tronco Coletor, Estação Elevatória e Linha de Recalque


Situação atual:
Em execução.


Recursos financeiros:
CEDAE – GRUPO HYATT

 

6. Esgotamento da Unidade de Pronto Atendimento da UNIMED
Término: Setembro/2013 (Concluído)

 

Esgotamento da Unidade de Pronto Atendimento da UNIMED

 

Objetivo:
Coletar os esgotos produzidos pela Unidade de Pronto Atendimento UNIMED, assim como dos imóveis situados à Rua Jornalista Henrique Cordeiro, encaminhá-los à Estação de Tratamento de Esgotos da Barra da Tijuca, com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.
        
Detalhe do empreendimento:
Implantação de Tronco Coletor


Situação atual:
Concluído.


Recursos financeiros:
CEDAE – UNIMED e CALÇADA S/A

 

7. Esgotamento Eixo Final Salvador Allende - Bandeirantes
Término: outubro/2012 (concluído)

 

Esgotamento Eixo Final Salvador Allende

 

Objetivo:

Coletar os esgotos produzidos pelo empreendimento Minha Praia e seu entorno, conduzí-los a Estação Elevatória Bandeirantes, encaminhá-los à Estação de Tratamento de Esgotos da Barra da Tijuca, com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.


Detalhe do empreendimento:
Implantação de Tronco Coletor, Sifão e Caixa de Amortecimento.


Situação atual:
Concluído


Recursos financeiros:
CEDAE – Rouxinol Empreendimentos

 

 

8. Esgotamento Sanitário do Shopping Américas
Término Previsto: Dezembro/2013 (concluído)

 

Esgotamento Sanitário do Shopping Américas

 

Objetivo:
Coletar os esgotos produzidos pelo Américas Shopping e seu entorno, encaminhálos à Estação Elevatória Recreio, em seguida a Estação Marapendi, e depois conduzido à Estação de Tratamento de Esgotos da Barra da Tijuca, com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.

 

Detalhe do empreendimento:
Implantação de Tronco Coletor.

 

Situação atual:
Concluído.

 

Recursos financeiros:
CEDAE - ECIA

 

9. Esgotamento do Ilha Pura

 

Esgotamento do Ilha Pura

 

Objetivo:
Coletar, transportar e tratar os esgotos produzidos dos Empreendimentos Ilha Pura, Liberty, Aquagreen, Riocentro, Vila dos Atletas e seu entorno, até a Estação de Tratamento da Barra da Tijuca, através das Estações Elevatórias Olof Palme, Olimpíadas e Jacarepaguá, com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.


Detalhe do Empreendimento:
Doação de Terreno para Implantação da Estação Elevatória Olof Palme e Interligações aos Sistemas de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário.


Situação atual:
Em Execução


Recursos Financeiros:
CEDAE – Carvalho Hosken

 

 

10. Ampliação do Esgotamento da Sub Bacia Três Rios
Término Previsto: Dezembro/2014

 

 

Objetivo:
Coletar os esgotos produzidos pelo Park Rios e seu entorno, encaminhá-los à Estação Elevatória Jacarepaguá, em seguida à Estação de Tratamento de Esgotos da Barra da Tijuca, com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.


Detalhe do Empreendimento:
Implantação de Tronco Coletor.


Situação atual:
Aguardando licenciamento


Recursos Financeiros:
CEDAE – NIGRI

 

11. Esgotamento do Praia do Pontal
Término Previsto: Dezembro/2014

 

 

Objetivo:
Coletar os esgotos produzidos pelo Praia do Pontal e entorno, encaminhá-los à Estação Marapendi, através das Elevatórias Tachas e Recreio, e depois à Estação de Tratamento de Esgotos da Barra da Tijuca, com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.


Detalhe do Empreendimento:
Implantação de Tronco Coletor.


Situação atual:
Aguardando licenciamento


Recursos Financeiros:
CEDAE – EITORFE (Rossi)

 

12. Esgotamento do Centro Metropolitano
Término Previsto: Dezembro/2014
 

 

Objetivo:
Coletar os esgotos produzidos pelo Centro Metropolitano e encaminhá-los à Estação Elevatória Jacarepaguá, em seguida à Estação de Tratamento de Esgotos da Barra da Tijuca, com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.


Detalhe do Empreendimento:
Implantação de Tronco Coletor.


Situação atual:
À Executar

Recursos financeiros:
CEDAE – BROOKFIELD

 

13. Esgotamento da Sub Bacia Alceu Carvalho
Término Previsto: Fevereiro/2015
 

Objetivo:
Esgotar o empreendimento da BWC e seu entorno, encaminhar os esgotos para Estação Elevatória Barra Bonita, a ser requalificada, em seguida a Estação Elevatória Recreio, com tratamento adequado na Estação de Tratamento Barra da Tijuca e com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.


Detalhe do Empreendimento:
Implantação de Tronco Coletor e Requalificação da Estação Elevatória Barra Bonita.


Situação atual:
Á Executar


Recursos financeiros:
CEDAE – BWC Empreend. Imob.


14. Abastecimento da Sub Bacia Salvador Allende
Término Previsto: Fevereiro/2015
 

 

Objetivo:
Ampliação do Sistema de Abastecimento, melhorando o abastecimento do Recreio dos Bandeirantes e das Vargens Grande e Pequena.
 
Detalhe do Empreendimento:
Implantação de Tronco Alimentador, Tronco Distribuidor, Doação de terreno e Implantação do reservatório de 5.000m³.


Situação atual:
Á Executar


Recursos financeiros:
CEDAE – BWC Empreend. Imob.

 

 

15. Esgotamento do Pontal Oceânico
Término Previsto: Setembro/2015

 

 

Objetivo:
Esgotamento do Pontal Oceânico e seu entorno, encaminhando os esgotos para a Estação Elevatória a ser construída, em seguida, conduzí-los à Estação Elevatória Recreio, com tratamento adequado na Estação de Tratamento Barra da Tijuca e com destino final o Emissário Submarino da Barra da Tijuca.


Detalhe do Empreendimento:
Implantação de Tronco Coletor, Rede Coletora e Construção de Estação Elevatória.


Situação atual:
Á Executar


Recursos financeiros:
CEDAE – PHI EVEN RIO, EVEN – RIO 3, CYRELA ASTECA, CBR 008, GAFISA SPE 136, C18, SMG, COHANI e SPIL.

 

 

16. Abastecimento do Pontal Oceânico
Término Previsto: Setembro/2015
 

 

Objetivo:
Abastecer o Pontal Oceânico e ampliar o abastecimento do entorno.


Detalhe do Empreendimento:
Implantação de Tronco Alimentador, Tronco Distribuidor e Reservatório de Água Potável.


Situação atual:
Á Executar


Recursos financeiros:
CEDAE – PHI EVEN RIO, EVEN – RIO 3, CYRELA ASTECA, CBR 008, GAFISA SPE 136, C18, SMG, COHANI e SPIL

 

 

17. Esgotamento do Design Hotel

Témino Previsto: Dezembro/2014

 

 

 

Objetivo:

Esgotamento do Design Hotel e seu entorno, e transporte dos esgotos para a Estação Elevatória Recreio dos Bandeirantes.

 

Detalhe do Empreendimento:

Implantação de 1.365 metros de Tronco Coletor.

 

Situação atual:

À Executar

 

Recursos financeiros:

CEDAE - C11 Empreendimentos Imobiliários Ltda.

 

Prazo Previsto:

Novembro de 2014

 

Valor Previsto - Jan/14:

R$1.900.000,00

 

 

18. Centro de Controle Operacional de Água da Barra da Tijuca, Recreio e Jacarepaguá
Término: março/2011 (concluído)

 

Centro de Controle Operacional da Barra da Tijuca, Recreio e Jacarepaguá

 

Objetivo:
Monitorar os trinta principais pontos do Sistema de Abastecimento de Água da Barra, Recreio e Jacarepaguá, inclusive locais que receberão eventos Olímpicos, como Barra e Jacarepaguá, mediante a implantação de Centro de Controle Operacional em Jacarepaguá.


Detalhe do empreendimento:
Implantação do Controle Operacional de Água da Barra, Recreio e Jacarepaguá, recebendo informações de cada ponto operacional e promovendo os ajustes necessários a estabilização do sistema de distribuição de água.


Situação atual:
Implantados e em Operação


Recursos financeiros:
CEDAE – ADEMI

 

 

 

ESGOTAMENTO SANITÁRIO DE JACAREPAGUÁ


Descrição:


As obras têm por objetivo a complementação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Jacarepaguá, compreendendo a coleta e transporte do esgoto sanitário até a Estação Elevatória de Jacarepaguá e posteriormente à Estação de Tratamento de Esgotos, localizada na Barra da Tijuca, onde será dado o tratamento adequado e tendo como destino final o Emissário Submarino.


ESTÁGIO ATUAL DAS OBRAS:

 

1 - Rede Coletora – assentados 104.762m em tubulação de PVC;

2 - Ligações Domiciliares – executadas 19.444 unidades;

3 - Coletor Tronco - assentados 8.946m em tubulação de Concreto Armado;

4 - Linha de Recalque - assentados 12.101m em tubulação de FºFº;

5 - Estações Elevatórias - 06 concluídas: (EEE de Jacarepaguá, EEE Jardim Clarice, EEE      Curicica, EEE Bandeirantes, EEE Rio das Pedras e EEE Taquara;

6 - Travessias Especiais – 21 travessias concluídas.

 

 

Estação Curicica

 

 

 

 

OBRAS EXECUTADAS


1. Construção da Estação Elevatória de Jacarepaguá:
Término: Abril/2007 (Concluído)

 

ETE Jacarepagua

 

2. Estação Elevatória Jardim Clarice

Término: Abril 2007 (Concluído)

 

Elevatória Jardim Clarice

 

3. Construção da Estação Elevatória Bandeirantes:
Início: Julho/2009
Término: Novembro/2010 (Concluído)

 

ETE Bandeirantes

 

4. Construção da Estação Elevatória Curicica:
Início: Julho/2009
Término: Novembro/2010 (Concluído)

 

ETE Curicica

 

5. Reforma e Ampliação da Estação Elevatória Rio das Pedras:
Início: Abril/2010
Término: Fevereiro/2011 (Concluído)

 

Ampliação Rio das Pedras

 

6. Construção da Estação Elevatória Taquara:
Início: Maio/2010
Término: Setembro/2011 (Concluido)

 

ETE Taquara

 

 

 

ESGOTAMENTO SANITÁRIO DO RECREIO DOS BANDEIRANTES

 

Descrição:

As obras têm por objetivo a implantação do Sistema de Esgotamento Sanitário do Recreio dos Bandeirantes, compreendendo a coleta e transporte do esgoto sanitário até a Estação Elevatória do Recreio e posteriormente, à Estação de Tratamento de Esgotos da Barra da Tijuca, onde será dado o tratamento adequado, e tendo como destino final o Emissário Submarino.

 

Estágio atual das obras:

 

- Coletor Tronco – assentados 181 metros em tubulação de Concreto Armado - Concluído;

- Rede Coletora – assentados 10.638 metros em tubulação de PVC - Concluído;

- Ligações Domiciliares – executadas 3.768 unidades - Concluído;

- Interceptor - assentados 6.748 metros em tubulação em Concreto Armado de 400, 600, 1000   e 1.200mm de diâmetro - Concluído;

- Linha de Recalque – assentados 9.129 metros - Tubulação de PEAD com 1000 mm de   diâmetro e Tubulação de Ferro Fundido com 500 mm de diâmetro - Concluído; 

- Implantação da Estação Elevatória do Recreio dos Bandeirantes, com capacidade de 1.200   litros de esgoto por segundo - concluída;

- Ampliação da Estação Elevatória das Tachas - concluída.

- Esgotamento da comunidade do Terreirão – Concluído.

 

ETE Recreio dos Bandeirantes

 

 

 

OBRAS EXECUTADAS

 

1. Construção da Estação Elevatória de Esgoto Recreio dos Bandeirantes:
Início: Janeiro/2009
Término: Março/ 2010 (Concluído)

 

Construção da Estação Elevatória de Esgoto Recreio dos Bandeirantes.

 

 

2. Assent. 8.624 m Linha de Recalque da EEE Recreio em PEAD Ø 1.000 mm, na Av. das Américas :
Início: Janeiro/2008
Término: Dezembro/2009 (Concluído)

 

. 8.624 m Linha de Recalque da EEE Recreio em PEAD Ø 1.000 mm, na Av. das Américas

 

3. Assentamento de 5.798 metros do Interceptor do Recreio com diâmetros de 1.000

 e 1.200 mm pelo método não destrutivo SHIELD.
Início: Abril/2010
Término Previsto: Julho/2011 (Concluído)

 

Shield

 

4. Assentamento de 950 metros do Interceptor Terreirão com diâmetro de 600 mm pelo método não destrutivo SHIELD.
Início: Abril/2011
Término Previsto: Abril/2012 (Concluído)

 

Reforma e Ampliação da Estação Elevatória Gilka Machado (Canal das Taxas)

 

5. Reforma e Ampliação da Estação as Tachas:
Início: Outubro/2010
Término: Novembro/2011 (Concluído)


Estação das Tachas

 

6. Esgotamento Sanitário da Comunidade Terreirão:
Término: Dezembro/2011 (Concluído)

 

Esgotamento Sanitário da Comunidade Terreirão

 

1
© 2010 Companhia Estadual de Águas e Esgotos - CEDAE