PROGRAMA DE DESPOLUIÇÃO DA BAÍA DE GUANABARA (PDBG)


O Programa de despoluição da Baía de Guanabara – PDBG, foi concebido para elevar as condições sanitárias e ambientais da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, com impacto positivo na qualidade de vida da população local, tendo como via de consequência a despoluição da Baía de Guanabara e áreas adjacentes.


Planejado e elaborado no início da década de 90, com a finalidade de planejar, coordenar e executar um conjunto de ações ordenadas em três blocos de atividades:


1 – Engenharia e Administração;
2 – Custos Diretos de Execução de Serviços;

3 – Custos Concorrentes.


Até a presente data, foi investido no PDBG o valor total de R$1.755.386.262,26, cabendo a CEDAE a responsabilidade pela execução das obras dos Sistemas de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário, mediante repasse de recursos financeiros do próprio Estado do Rio de Janeiro ou de empréstimos internacionais.

As obras integrantes dos Sistemas de Abastecimento de Água foram concluídas pela atual administração, permanecendo em curso as relativas ao Sistema de Esgotamento Sanitário.


Este relatório tem por objeto atualizar as informações que vêm sendo apresentadas ao juízo, acerca das obras de esgotamento sanitário concluídas, bem como as obras que se encontram em execução e como ainda, as ações adicionais incorporadas ao Programa.


O relatório será formatado com a seguinte configuração:

- Proposta Inicial do Programa de Despoluição da Baía de Guanabara;

- Quadro comparativo entre os resultados da Configuração Inicial do PDBG e da Configuração     Atual Realizada pelo PDBG;

- Quadro comparativo entre os resultados da Configuração Atual Realizada pelo PDBG e da   Configuração Futura ao término das ações previstas;

- Descritivo do desenvolvimento dos Sistemas de Saneamento do PDBG;

- Quadro Resumo dos recursos financeiros aplicados no PDBG;

- Ações Adicionais incorporadas ao PDBG;

- Monitoramento dos efluentes lançados na Baía de Guanabara.



Governo do Japão manifesta satisfação com o atual desenvolvimento das obras do PDBG


O Governo do Estado do Rio de Janeiro recebeu da JICA – Japan International Cooperation Agency a seguinte manifestação positiva sobre a atuação da NOVA CEDAE na execução do Programa de Despoluição da Baía de Guanabara – PDBG:


Carta da JICA - Japan International Cooperation Agency ao Secretário do Estado

Proposta inicial do PDBG

 

 

Configuração Inicial do PDBG e Configuração Atual Realizada pelo PDBG

 

O escopo inicial do Programa previa somente Pré-tratamento e Tratamento Primário nas Estações de Tratamento de Esgoto, definindo em 30% o fator de redução de DBO e como vazões máximas as mencionadas no quadro abaixo, para um horizonte de 20 anos.

 

Posteriormente, o Governo do Estado, através da CEDAE, optou em agregar Tratamento Secundário em todas as Estações de Tratamento de Esgoto, passando a redução de DBO para o valor médio de 92%.

 

 

 

 

 

 

Ações Adicionais Incorporadas ao PDBG

 

 

 

 

 

 

-  SISTEMA ALEGRIA


É composto da Estação de Tratamento de Esgotos da Alegria, pelos Troncos Coletores da Alegria, Tronco Coletor Faria Timbó, Tronco Coletor Manguinhos, Galeria de Cintura da Maré, Tronco Coletor Cidade Nova e Sub-sistemas complementares.

 

Estação de Tratamento de Esgotos Alegria – ETE Alegria

 

ETE Alegria Visão Diurna


ETE Alegria Visão Noturna

 

Objetivo:

 

Promover de tratamento primário e secundário os esgotos coletados pelo Sistema Tronco Alegria, nos Bairros de: Centro da Cidade, Cajú, Tijuca, São Cristovão, Sampaio, Eng. Novo, Lins de Vasconcelos, Méier, Todos os Santos, Eng. Dentro, Água Santa, Encantado, Piedade, Abolição, Pilares, Del Castilho, Cachambi, Maria da Graça, Jacaré, Manguinhos, Bonsucesso, Riachuelo, Rocha, São Francisco Xavier, Benfica, Mangueira, Complexo da Maré, Quintino, Piedade, Abolição, Encantado, Pilares, Inhaúma, Del Castilho, Eng. Rainha, Ramos, Tomás Coelho, Cavalcanti, Eng. Leal Vicente de Carvalho, Vila Kosmos, Cascadura, Bonsucesso, Higienópolis e Ilha do Fundão.

 

Situação atual:

 

Tratamento Primário para 5.000 litros por segundo - Concluído e em operação.


Tratamento Secundário para 2.500 litros por segundo - Concluído e em operação.

 

Vista Esquemática -  Unidades de Tratamento

Vista Esquemática - Unidades de Tratamento

 

Aquário ETE Alegria, abastecimento com água do efluente do Tratamento Secundário

 

Chegada do esgoto na ETE Alegria

Chegada do Esgoto na ETE Alegria - Esgoto Afluente

 

Saída do esgoto do tratamento Secundário ETE Alegria

Saída do esgoto do tratamento Secundário ETE Alegria - Efluente de esgoto Tratado

 

Sopradores do Sistema de Tratamento Secundário

Sopradores do Sistema de Tratamento Secundário

 


Laboratório ETE Alegria, em funcionamento, com três amostras:

- Esgoto Afluente;
- Efluente do Tratamento Primário;
- Efluente do Tratamento Secundário.

 

Tronco Coletor da Alegria

 

Tronco Coletor da Alegria

 

Objetivo:
Coletar os esgotos, anteriormente dispostos na Baía de Guanabara e produzidos nos Bairros de: Centro da Cidade, Cajú, Tijuca, São Cristovão, Sampaio, Eng. Novo, Lins de Vasconcelos, Méier, Todos os Santos, Eng. Dentro, Água Santa, Encantado, Piedade, Abolição, Pilares, Del Castilho, Cachambi, Maria da Graça, Jacaré, Manguinhos, Bonsucesso, Riachuelo, Rocha, São Francisco Xavier, Benfica, Mangueira, Complexo da Maré, Quintino, Piedade, Abolição, Encantado, Pilares, Inhaúma, Del Castilho, Eng. Rainha, Ramos, Tomás Coelho, Cavalcanti, Eng. Leal, Vicente de Carvalho, Vila Kosmos, Cascadura, Bonsucesso, Higienópolis e Ilha do Fundão.


Situação atual:
Troncos: Alegria, Centro, Tijuca, São Cristóvão e Auxiliar da Av. Brasil.

Concluídos e em operação


Esgoto coletado:
2.322 litros por segundo


Fonte de recursos:
BID e FECAM – Governo do Estado do Rio de Janeiro

 

Tronco Coletor Faria-Timbó

 

Tronco Coletor Faria-Timbó

 

Objetivo:
Destinar os esgotos coletados na Bacia Faria-Timbó à Estação de Tratamento de Esgotos da Alegria.


População Beneficiada:
559.000 habitantes


Bairros atendidos:
Ramos, Bonsucesso, Del Castilho, Benfica, Inhaúma e Complexo Habitacional do Alemão.


Situação atual:
Licitação Marcada para 05/08/2014


Término Previsto:  
Dezembro/2015


Valor Previsto:
R$ 110.390.446,55


Recursos Financeiros:
Fonte: Financiamento ao Governo do Estado pelo FGTS/CAIXA


Volume de esgoto a ser coletado:

1.100 litros por segundo

 

Tronco Coletor Manguinhos e Galeria de Cintura da Maré

Tronco Coletor Manguinhos

 

Tronco Coletor Manguinhos

 

Objetivo:
Destinar os esgotos coletados na Bacia de Manguinhos à Estação de Tratamento de Esgotos da Alegria.


População Beneficiada:
609.000 habitantes.


Bairros atendidos:
Bonsucesso, Benfica, Inhaúma, Jacaré, Jacarezinho, São Cristóvão e Engenho Novo, além dos Complexos de Manguinhos e Complexo do Jacaré.
 
Situação atual:
Licitação Marcada para 05/08/2014

 

Término Previsto:  

Dezembro/2015

 

Valor Previsto para Tronco Manguinhos e Galeria de Cintura da Maré:
R$ 106.020.069,63


Recursos Financeiros:
Fonte: PAC – Orçamento Geral da União e Governo do Estado


Volume de esgoto a ser coletado: 1.200 litros por segundo

 

 

 

SISTEMA PAVUNA


É composto pela Estação de Tratamento de Esgotos da Pavuna e pelos Troncos e Redes Coletoras de esgotos das Bacias dos Rios Pavuna e Meriti.

 

Implantação da Estação de Tratamento de Esgotos da Pavuna – ETE Pavuna

 

ETE Pavuna

 

Objetivo:
Promover o tratamento primário e secundário dos esgotos coletados pelo Sistema de Coleta e Transporte de Esgotos das Bacias dos Rios Pavuna e Meriti, em parte dos Municípios do Rio de Janeiro, Duque de Caxias e São João de Meriti.


Situação atual:
Tratamento Primário e Secundário para 1.500 litros por segundo, concluído.
Troncos de alimentação em fase de testes de carga hidráulica.

 

 

Construção de Troncos Coletores e Redes Coletoras de Esgotos do Sistema Pavuna.

 

 

Objetivo:
Esgotamento Sanitário das Bacias dos Rios Pavuna e Meriti.


População Beneficiada:
256.000 habitantes.


Vazão máxima a ser coletada:
505 litros por segundo.
 
Municípios atendidos:
Rio de Janeiro, Duque de Caxias e São João de Meriti.

 

Término do Contrato atual:  

Dezembro de 2014.

 

Valor atual - Jan-14:
R$ 253.843.667,25


Recursos Financeiros:
Fonte: Governo do Estado/FECAM


Volume de esgoto a ser coletado: 1.200 litros por segundo

 

 

Situação Atual


. Tronco Interceptor - Ø2000mm - Vigário Geral e Jardim América - Concluído

  Extensão de 2.296 metros de tubo de concreto pelo método Shield.

 

. Coletor Tronco – Ø1500mm – Município de São João de Meriti e Duque de Caxias -   Concluído. Extensão de 1.203,00 metros de tubo de concreto pelo método Shield.

 

. Coletores Tronco - Ø900mm – Jardim América e Irajá - Concluído

  Extensão de 7.644,60 metros de tubo de concreto pelo método Shield.

 

. Coletores Tronco - Ø500mm – Municípios de São João de Meriti, Duque de Caxias e   Rio de Janeiro - Concluído

  Extensão de 5.031,28 metros.

 

. Redes Coletoras e Ligações Domiciliares - Concluídas

  Assentamento de 73.807,04 metros de redes coletoras novas no Município do Rio de Janeiro,   47.759,42 metros de redes coletoras novas no Município de Duque de Caxias e 36.060,28   metros de redes coletoras no Município São João de Meriti.

 

. Limpeza e Restauração de Troncos e Redes Coletoras – Municípios de São João de   Meriti, Duque de Caxias e Rio de Janeiro - Concluídas

  Limpeza e restauração de aproximadamente 52.000 metros de Redes Coletoras e Troncos existentes.

 

. Redes Coletoras no Município do Rio de Janeiro (Bairro de Vigário Geral e Jardim América) - Concluídas

  Assentadas 3,5 km de redes coletoras

 

Em Execução


. Troncos Coletores – Vigário Geral, Jardim América, Irajá e Vista Alegre

  Execução de 368,00 metros do Tronco Coletor no diâmetro de Ø1.500mm (NATM) e 354,65 metros de Tronco Coletor no diâmetro de Ø500mm.


. Redes Coletoras

  Assentamento de 5,2 km de redes coletoras no Município do Rio de Janeiro (Bairros de Vigário   Geral e Jardim América).


. Limpeza e Desobstrução de Troncos e Redes Coletoras

  Estão sendo executados serviços de limpeza e desobstrução de troncos e redes coletoras de   esgotos existentes, nos Municípios do Rio de Janeiro (Bairros de Vigário Geral e Jardim   América) e Duque de Caxias.

 

 

 

- SISTEMA SARAPUÍ

É composto pela Estação de Tratamento de Esgotos de Sarapuí e pelos Troncos e Redes Auxiliares de esgotos.

 

Estação de Tratamento de Esgotos de Sarapuí – ETE Sarapuí

 

ETE Sarapuí - Entrada

 

ETE Sarapuí

 

Objetivo:
Promover o tratamento primário e secundário dos esgotos coletados pelo Sistema de Coleta e Transporte de Esgotos das Bacias do Rio Sarapuí, em parte dos Municípios de Belford Roxo, São João de Meriti, Mesquita e Nova Iguaçu.

Situação atual:

Tratamento Primário para 1.500 litros por segundo.
Concluído e em operação.


Tratamento Secundário para 1.500 litros por segundo.
Concluído e em operação.

 

Esgoto Afluente à ETE Sarapuí

Esgoto Afluente à ETE Sarapuí

 

Efluente do Tratamento Secundário da ETE Sarapuí

Efluente do Tratamento Secundário da ETE Sarapuí

 

Construção de Troncos Coletores e Redes de Esgotos do Sistema Sarapuí.

 

Sistema Sarapuí

 

Implantação do Tronco Coletor e Redes Auxiliares


Objetivo:
Esgotamento Sanitário das Bacias Contribuintes do Rio Sarapuí.


População Beneficiada:
304.000 habitantes.


Vazão máxima a ser coletada:
600 litros por segundo


Municípios atendidos:
Nova Iguaçu, Mesquita, Belford Roxo e São João de Meriti.


Término do Contrato atual:
Setembro/2014


Valor atual - Jan-14:
R$164.707.596,17


Recursos Financeiros:
Fonte: FECAM

 

 

Situação Atual


. Túnel Interceptor de Esgotos do Sarapuí - Concluído

  Extensão Total = 6.329,58m, sendo 5.947,82m em Ø2000mm e 381,76m em Ø1200mm.


. Coletor Tronco Jardim Redentor - Ø600mm – Concluído

  Extensão Total: 236,70 metros
  Interligado ao Tronco Interceptor, permitindo a desativação da Elevatória de Esgotos Jardim   Redentor, no Município de Belford Roxo.


. Coletor Tronco Bom Pastor - Ø400mm – Concluído

  Extensão Total: 833 metros
  Interligado ao Tronco Interceptor, permitindo o esgotamento do Bairro Bom Pastor, no   Município de Belford Roxo.


. Coletor Tronco Centro Belford Roxo - Ø500mm – Concluído

  Extensão Total: 1.761 metros
  Travessia de 57,00m sob a Av. Jorge Júlio Costa dos Santos concluída e Coletor Tronco já   interligado ao Tronco Interceptor.


. Coletor Tronco São João de Meriti - Ø500mm – Concluído

  Extensão Total: 2.726 metros
  Complementação do coletor em uma extensão de 294,30m, no Bairro Jardim Alegria, em   Shield de Ø600mm.


. Linha de Recalque da Estação Elevatória de Esgotos Santo Elias - Concluída

  Concluída a Linha de Recalque Ø300mm em uma extensão total de 1.146 metros e concluída   a parte civil dos poços da elevatória.


. Redes Coletoras e Ligações Domiciliares - Concluídas

  Assentamento de redes coletoras novas, execução de ligações intra-domiciliares, ativação de   ligações domiciliares, limpeza e desobstrução de redes coletoras existentes, nos Municípios de   Belford Roxo e Mesquita. Assentadas 58.869,91 metros de Redes Coletoras no Município de   Mesquita, 66.074,85 metros no Município de Belford Roxo e 62.451,96 em São João de Meriti.   Ativadas 15.389 ligações domiciliares e executadas 7.622 ligações intra-domiciliares nos   Municípios de Belford Roxo, Mesquita e São João de Meriti.


. Limpeza e Desobstrução de Troncos e Redes Coletoras - Concluídas

Estão sendo executados serviços de limpeza e desobstrução de troncos e redes coletoras e esgotos existentes, nos Municípios de Belford Roxo, Mesquita e São João de Meriti.

 

. Execução do Tronco Coletor Santo Elias – DN 400mm - Concluídas

Execução de 1.050,00 metros de tronco coletor no diâmetro de 400mm, por método não destrutivo - SHIELD, para esgotamento do Bairro Santo Elias, Município de Mesquita.



Em Execução------------------------------------------------------


. Prolongamento do Tronco Coletor da Jacutinga – DN 400mm  

  Execução de 493,20 metros de tronco coletor no diâmetro de 400mm, para prolongamento   do tronco coletor existente, que permitirá o esgotamento do Bairro Jacutinga, Município de   Mesquita, e parte do Município de Nova Iguaçu.


.Complementação do Assentamento de Redes Coletoras e Ligações Domiciliares

  Assentamento de 850,00 metros de redes coletoras de esgotos, no Município de Mesquita.

 

. Construção da Estação Elevatória de Esgotos Santo Elias

  Localizada no Bairro da Jacutinga, no Município de Mesquita, será responsável pelo   recebimento dos esgotos de parte dos Municípios de Mesquita e Nova Iguaçu para recalcá-los   com destino a Estação   de Tratamento de Esgotos do Sarapuí.


 

 

 

- SISTEMA ICARAÍ

 

 

Objetivo:
Ampliação e melhorias operacionais da Estação de Tratamento de Esgotos de Icaraí, Reforma e Ampliação de 03 Elevatórias, Implantação de 6,6 km de Redes Coletoras, 100 Ligações Domiciliares e Implantação do Emissário Submarino de Niterói 3,9 km.


População Beneficiada:
234.000 Habitantes


Situação atual:
Concluído e em operação


Valor Investido:
R$ 25.000.000,00


Recursos Financeiros:
Fonte: BID


Esgoto Coletado:
Tratamento Primário para 952 litros por segundo.
Concluído e em operação.

 

 

 

- SISTEMA ILHA DO GOVERNADOR

 

Sistema Ilha do Governador

 

Objetivo:
Ampliação e melhorias operacionais da Estação de Tratamento de Esgotos da Ilha do Governador – ETIG, Automação da ETE e de 09 Elevatórias, Assentamento de 30 km de Troncos Coletores, Implantação de 07 Elevatórias, Assentamento de 92,5 km de Redes Coletoras, 11.520 Ligações Domiciliares, Assentamento de 4,3 km de Linha de Recalque e Eliminação de 316 Ligações Clandestinas.


População Beneficiada:
266.000 Habitantes


Situação atual:
Concluído e em operação


Valor Investido:
R$ 65.000.000,00


Recursos Financeiros:
Fonte: BID


Esgoto Coletado:
Tratamento Primário para 525 litros por segundo.
Concluído e em operação.


Tratamento Secundário para 525 litros por segundo.
Concluído e em operação.

 

Quadro resumo dos recursos financeiros aplicados

no Programa até JULHO

 

 

AÇÕES ADICIONAIS


Obras de Complementação do Tratamento Secundário da ETE Alegria

 

Obras de Complementação do Tratamento Secundário da ETE Alegria

 

Objetivo:
Concluir a unidade de tratamento secundário da Estação de Tratamento de Esgotos de Alegria, passando sua capacidade nominal de tratamento de 2.500 l/s para 5.000 l/s podendo atingir a vazão final máxima de 7.400 l/s, portanto, em níveis muito superiores aos exigidos no Contrato inicial do PDBG.


População Beneficiada:
2.500.000 habitantes


Situação atual:
Licitação Marcada Para 05/08/2014


Prazo de Execução da Obra:  24 meses


Valor Previsto: R$ 71.990.799,60


Recursos financeiros: 
Fonte: PAC - Orçamento Geral da União/Governo do Estado


 

Galeria de Cintura da Maré e Ilha do Fundão

 

Galeria de Cintura da Maré e Ilha do Fundão

 

Objetivo:
Propiciar que os esgotos produzidos na Bacia da Maré e na Ilha do Fundão sejam tratados na Estação de Tratamento Alegria


População Beneficiada:
350.000 habitantes.


Bairros atendidos:
Parque União, Ruben Vaz, Nova Holanda, Maré, Baixa do Sapateiro, Conjunto Nova Maré, Parque Esportivo da Maré, Timbau, Conjunto Bento Ribeiro Dantas, Roquete Pinto, Praia de Ramos, Conjunto Pinheiros, Parque Municipal da Maré, Conjunto Esperança e Vila do João, além da Fiocruz(Anexo), Área Militar e Ilha do Fundão.


Situação atual:
Licitação Marcada Para 05/08/2014


Término Previsto:   

Dezembro/2015


Valor Previsto: R$ 53.586.154,42

Recursos Financeiros:
Fonte: PAC – Orçamento Geral da União e Governo do Estado


Volume de esgoto a ser coletado: 700 litros por segundo

 

 

- Obras Complementares do Sistema de Coleta de Esgotos de Pavuna


Obra:
Implantação de 1.100 m de Tronco e 24 Km de Redes Coletoras, nos bairros de Parque Lafaiete, Bela Vista e Jardim 25 de Agosto, no município de Duque de Caxias.


População Beneficiada:
Fixa e Flutuante: 101.600 habitantes


Valor Previsto:
R$ 22.442.095,96

Situação atual:  
Em Execução


Prazo de Execução da Obra:   30 meses.

Recursos Financeiros:
Fonte: PAC – Financiamento FGTS


Volume de esgoto a ser coletado:
200 litros por segundo

 

 

- Obras do Sistema de Coleta de Esgotos do Sarapuí

 

Obra:

Implantação de 29 Km de Redes Coletoras e 4.130 Ligações Domiciliares nos bairros do Centro e Kaonze, no Município de Nova Iguaçu.


População Beneficiada:
Fixa e Flutuante: 50.000 habitantes.


Situação atual:
Em execução.


Valor Previsto:
R$ 24.019.329,17


Prazo de Execução da Obra:  24 meses.

Recursos Financeiros:
Fonte: PAC - Financiamento pelo FGTS ao Governo do Estado


Volume de esgoto a ser coletado:
100 litros por segundo.

 

Executadas:

- Redes Coletoras - 3.965 metros concluídos;

- Ligações Prediais - 445 ligações concluídas;

- Poços de Visita - 92 poços concluídos.

 

 

- SISTEMA PENHA

 

ETE Penha

 

Objetivo:
Melhorias operacionais da Estação de Tratamento de Esgotos da Penha, Implantação de novo sistema de desidratação de lodo e Reforma das instalações existentes.Sistema de Tratamento Primário e Secundário para 1.600 litros por segundo.


População Beneficiada:
576.000 Habitantes


Situação atual:
Concluído e em operação


Valor Investido:
R$ 5.300.000,00


Recursos Financeiros:
Fonte: JBIC


Esgoto Coletado:
1.080 litros por segundo


Situação Futura:
Em fase de projeto de requalificação e modernização dos sistemas de tratamento.

 

 

 

 

- SISTEMA PAQUETÁ

 

Sistema Paquetá

 

Objetivo:
Coletar o esgoto produzido na Ilha de Paquetá, e conduzí-lo através de Linha de Recalque subaquática até a ETE São Gonçalo.


População Beneficiada:
8.241 Habitantes


Situação atual:
Obra em andamento com 75% já executado


Previsão de conclusão:
Junho/2014


Valor Previsto:
R$ 28.274.953,51


Recursos Financeiros:
Fonte: PAC / Governo do Estado


Volume de esgoto a ser coletado: 100 litros por segundo

 

 

 

- SISTEMA SÃO GONÇALO

 

Sistema São Gonçalo

 

Objetivo:
Ampliação, adequação e melhorias operacionais da ETE São Gonçalo.


População Beneficiada:
280.000 Habitantes


Situação atual:
Obra em andamento com 65% já executado.


Previsão de conclusão:
Julho/2014


Valor Previsto:
R$ 25.300.000,00


Recursos Financeiros:
Fonte: PAC


Volume de esgoto a ser tratado:
675 litros por segundo

 

 

 

- SISTEMA MARINA DA GLÓRIA

 

Sistema Marina da Glória

 

Objetivo:
Coletar o esgoto difuso, lançado nas galerias de água pluviais que deságuam na Marina da Glória e encaminhá-lo ao Emissário Submarino de Ipanema.
 
Situação atual:

- Projeto com aprovação do IPHAN.

- Tubulações da Galeria de Cintura já adquiridos pela CEDAE e estocados na ETE Alegria.

- Edital em Análise no TCE.

Prazo de execução da Obra:
12 meses


Valor Previsto:
R$ 17.500.000,00


Recursos Financeiros:
CEDAE / FECAM


Volume de esgoto a ser tratado:  450 litros por segundo

 

 

AÇÕES COM EMPREENDEDORES PRIVADOS:

 

 

1. Esgotamento da Sub Bacia Jd. Gláucia – Jd. Gláucia - Belford Roxo

 

Início:

Outubro/2013

Término Previsto:

Outubro/2014

 

 

2. Esgotamento Vale do Ipê – Jd. Veneza – Belford Roxo

 

Início:

Março/2013


Término Previsto:

Março/2015

 

 

3. Esgotamento Praça Dom Camilo – Jd. Nóia – Baixada Fluminense

 

Início:

Abril/2013


Término Previsto:

Dezembro/2013 (concluído)

 

 

 

MONITORAMENTO DOS EFLUENTES LANÇADOS NA BAÍA DE GUANABARA


As Estações de Tratamento de Esgotos obrigatoriamente, tanto para processarem os esgotos em  suas instalações como para cumprirem com o monitoramento dos efluentes gerados e assim  atenderem a legislação, realizam o monitoramento de diversos parâmetros. Estes parâmetros são  informados ao órgão ambiental através do "Relatório de Acompanhamento de Efluentes" que é um  documento que faz parte do programa PROCON/INEA com periodicidade trimestral.


As Estações de Tratamento de Esgotos realizam e controlam os seguintes parâmetros, que variam  de quantidades, dependendo das características do tratamento de cada Estação:


- Ph - Potencial de Hidrogênio

- Turbidez

- Dureza/cloreto

- DBO

- DQO

- RNFT

- Fósforo

- Série Nitrogenada

- Cor

- MBAS

- Óleos e Graxas

- Coliformes

 

As técnicas utilizadas são as características de cada parâmetro, sendo que a CEDAE possui um  padrão de equipamentos que atendem as necessidades de monitoramento.
Cabe por fim esclarecer que o Laboratório da Estação de Tratamento de Esgotos  da  Pavuna  é  o  Provedor  do  Programa  de  Proficiência de Laboratórios  PEP-CEDAE, que conta com mais de 30  laboratórios credenciados por todo o Brasil.

 

 

© 2010 Companhia Estadual de Águas e Esgotos - CEDAE