A CEDAE

Qualidade da água

Gerência de Controle de Qualidade da Água

A Gerência de Controle de Qualidade da Água (GCQ) é o setor, dentro da CEDAE, responsável tanto pelo monitoramento da qualidade da água da rede de distribuição da Região Metropolitana Oeste do Rio de Janeiro, quanto pela gestão de uma parcela complementar de produção da água destinada ao abastecimento (9.350 L/s ou 18,2 % da vazão total).

O trabalho da GCQ

O trabalho desenvolvido pela GCQ abrange uma série de atividades: coleta de amostras, avaliação e gerenciamento dos dados analíticos, atendimento a reclamações inerentes à qualidade da água, bem como atendimento a situações de emergência.

Com o compromisso de disseminar e prestar esclarecimentos quanto ao trabalho desenvolvido na empresa, no tocante ao tratamento e ao controle de qualidade da água, a GCQ participa de eventos, realizando palestras em instituições de ensino e exposição da mini-ETA (Estação de Tratamento de Água em escala piloto na qual são apresentadas as etapas do tratamento).

O Controle de Qualidade da Água se mantém alerta para o atendimento imediato e eficiente a qualquer tipo de situação que se relacione a alterações no padrão de potabilidade estabelecido. Quando na identificação de desvios da qualidade de água, a GCQ comunica os responsáveis pela manutenção das redes de distribuição, para que se procedam as ações corretivas das anormalidades detectadas.

Fale com a GCQ

Em caso de reclamações, solicitação de apresentação da mini-ETA ou palestras sobre o Controle de Qualidade, contatar o serviço de atendimento ao cliente através do telefone: 2332-1736, ou envie um email para atdcliente.quali@cedae.com.br

Para informações complementares e dúvidas técnicas entrar em contato através do e-mail: qualidade.agua@cedae.com.br

Galeria de fotos

  •  
  •  
  •  

 

Rua Dr. Otávio Kelly, 110
Tijuca—Rio de Janeiro—RJ

Cep: 20511-180
Tel: 21-2332-1723
Fax: 21-2332-1724
Email: qualidade.agua@cedae.com.br

Os Laboratórios de Controle

O monitoramento realizado pelos laboratórios é extremamente importante para assegurar a qualidade da água e, portanto, garantir a saúde do consumidor.

Os laboratórios da GCQ são equipados com instrumentos sofisticados que otimizam e garantem o controle contínuo da qualidade da água distribuída para a população da Região Metropolitana do Estado.

Por ano, entre parâmetros bacteriológicos, hidrobiológicos, químicos e físico-químicos, são gerados quase 140.000 resultados analíticos.

Todas as análises são realizadas em conformidade com a Portaria 2914/11 do Ministério da Saúde e com a Resolução CONAMA 357/05. Estas legislações regem, respectivamente, os padrões de potabilidade da água destinada ao consumo humano (água tratada) e os critérios de qualidade das águas superficiais (águas brutas) de acordo com seu enquadramento.

Os laboratórios participam de Ensaios de Proficiência por comparações interlaboratoriais, sendo esse um dos mecanismos de garantia da qualidade dos resultados previstos na NBR ISO/IEC 17025. Esta norma especifica os requisitos gerais para competência dos laboratórios de ensaio e de calibração em produzir resultados válidos e confiáveis.

Laboratório Móvel

A GCQ dispõe de mão-de-obra técnica-especializada para execução das análises em água bruta e tratada seguindo a legislação vigente, viaturas dedicadas à amostragem, destacando-se o Laboratório Móvel que permite a execução de análises in loco, quando necessário ou previamente solicitado.

A meta dos laboratórios é concluir a implantação do Sistema de Gestão da Qualidade de modo a promover, em breve, a Acreditação na norma ABNT NBR ISO/IEC 17025, concedida pelo INMETRO.

Os laboratórios também são responsáveis pela realização da amostragem da água para posterior controle analítico e verificação da manutenção dos padrões de qualidade. Nos pontos de coleta são priorizados os locais de maior consumo como shoppings, instituições de ensino, hospitais, além de residências de consumidores.

O plano de amostragem georeferenciado e aprovado pela Vigilância Sanitária do Estado contempla mais de 2000 pontos de amostragem. O número de amostras coletadas varia de acordo com o número de habitantes de cada região.

Laboratórios da GCQ

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

voltar para INFRAESTRUTURA
 
Search