PROGRAMAS E PROJETOS

Mais Água Para a Baixada Fluminense

 

Com um investimento de R$ 3,4 bilhões, a CEDAE está implantando na Baixada Fluminense o maior projeto de abastecimento de água de todo o Brasil. Mais de 2,2 milhões de pessoas serão beneficiadas em oito municípios da região.

Sistema Novo Guandu

Com o objetivo de  aumentar a capacidade e reorganizar o abastecimento de água da Baixada Fluminense, a CEDAE estruturou uma operação de crédito junto à Caixa Econômica Federal no valor de R$ 3,4 bilhões. Atualmente é o maior projeto de saneamento em implantação no Brasil. Estes recursos  estão sendo investidos na ampliação e modernização dos sistemas de produção, adução, reservação e distribuição de água dos municípios da região. Também será construído um  complexo de produção, incluindo uma nova Estação de Tratamento de Água - ETA Novo Guandu, com uma vazão de 12 mil litros por segundo. O conjunto de novas obras vai  solucionar os problemas de abastecimento de água da Baixada  Fluminense com o aumento da capacidade de armazenamento para 161 milhões de litros de água,  a construção de 800 km de troncos e redes de distribuição e mais de 100.000 ligações prediais. Serão beneficiadas mais de dois milhões de pessoas nos municípios de Queimados, Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis, São João de Meriti, Belford Roxo e Duque de Caxias.

Dados do Programa

2,2 Milhões de Pessoas Beneficiadas

ETA Novo Guandu: Vazão de 12 mil litros/segundo

Aumento da capacidade de amarzenamento para 161 milhões de litros de água

98 Km de Adução

800 Km de troncos e redes de distribuição

Vídeo sobre o Programa

Mais Água Para a Baixada Fluminense

Conteúdo Relacionado

 
Search